domingo, 26 de fevereiro de 2012

Sim, somos um casal bonito, até brigando. Sim, somos um casal bonito, até brigando.

E eu fico bem quietinha no meu canto, repetindo pra mim mesma: “Eu odeio você.” Tantas vezes na esperança de que um dia eu me convença disso.

Engraçado, como eu fico de um lado para outro cheia de sorrisos e poucos notam a tristeza no meu olhar.

Foi aquele sorriso bobo e fala mansa que me convenceram de uma única coisa: Eu ainda te amo.

Eu quero abandonar essa vida. Quero construir outra história, longe de você, longe do seu cheiro. LONGE do seu sorriso. Longe dos seus olhos. Somente LONGE. Fim

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Querido Marconi Perillo,
Que feio hein? Não se lembra do que tuas professoras lhe ensinaram no ensino fundamental? Poxa, sera ´que sua mãe se sente orgulhosa vendo toda essa palhaçada que você está fazendo? Sim, porque isto é ridículo, até parece brincadeira. Tua mãe e teus professores, assim como minha mãe e meus professores, me ensinaram a ser honesta, me ensinaram a fazer o correto. Me ensinaram a ser justa. Ah, Dayane Borges você tem 14 anos, é uma criança. Realmente, sou jovem, tenho 14 anos, mas sinto lhe informar que esta criança tem mais cérebro que você. Nada justifica o roubo no salario dos professores que trabalham dia após dia, apostando num futuro melhor e numa educação descente nesse Goias que desde sua gestão uma verdadeira vergonha. Eu as vezes me sinto envergonhada por você. Sinto pena de você. Imagino o que sua família deve pensar: Um politico corrupto dentro de casa. Imagino sua mãe, o desgosto que ela não deve sentir vendo seu próprio envolvido num verdadeiro atentado contra a educação. Parabéns Marconi, se você queria ibope conseguiu.

Posso não ser do tipo que agrada as pessoas, mas sou do tipo que agrada a si mesmo, antes de sair agradando os outros... ;)